elas usam rosa

Ela vestem rosa e gostam dessa cor, porque?

No dia 27 de março, os Tevejanos de plantão terão uma daquelas noites de arromba no melhor site de bate-papo com webcam da rede. Sexta é o dia do evento “Elas usam Rosa”, onde todas as meninas vão entrar com as roupas mais sexys na cor… rosa!

Se sua noite está paradona, vai ficar só em casa vendo um filme, aproveite a chance de ter um evento desses e conheça o chat do TeVejo. Além de ser o melhor em questão de tecnologia e organização, ainda tem as pessoas mais bonitas da internet!

Você não vai perder, vai?

Agora, voltando ao tema da nossa matéria que está intimamente ligado ao evento de sexta-feira do TeVejo, resolvemos falar sobre a influência do gênero na preferência por uma cor.

Pois é, a cor rosa, por exemplo, é uma das cores que são impostas a somente um sexo, no caso o feminino, e por conta disso, desde pequenas todas as mulheres ouvem coisas do tipo “é menina, tem que usar rosa”.

Mas, será que é verdade? Será que a mulherada prefere mesmo o rosa? Quando e como começou esse mito de que rosa é cor de mulher?

A resposta exata para essas perguntas não sabemos, porém, podemos ter uma ideia do padrão de preferência de cores de acordo com a teoria da evolução.

Para provar a teoria de que está na evolução à preferência de cores, a pesquisadora-associada em psicologia da Newcastle University, Yazhu-Ling, contou com a ajuda da professora de psicologia da universidade, Anya Hurlbert, para realizar um estudo.

Contando com 208 voluntários, 98 homens e 110 mulheres, as pesquisadoras submeteram testes de computador nos quais cada voluntário deveriam escolher entre dois retângulos de cores diferentes.

Com esse teste, as pesquisadoras concluíram que há dois fatores principais por trás da preferência de cores: o azul amarelado e o vermelho com toques de verde.

Enquanto a preferência de ambos os sexos tenderam para o azul, a porcentagem de mulheres que escolheram o vermelho foi muito maior que a dos homens.

A preferência universal pelo azul vem do ponto de vista evolucionário, segundo Ling. “Um céu azul e limpo sinaliza tempo bom, assim como o azul claro também representa uma fonte de água pura – e

ambos são benéficos, especialmente na época em que vivíamos nas savanas, em sociedades de caçadores e coletores”.

No estudo, 37 pessoas vinham recentemente da China para os Estados Unidos e, apesar dos chineses terem maior preferência pelo vermelho, isso está diretamente ligado a cultura do local.

Na China o vermelho indica alegria e sorte, sendo uma das principais cores usada nas festas populares.

Já a explicação da preferência feminina pelos tons avermelhados pode vir das sociedades de caçadores e coletores, afinal, a mulher sempre foi a responsável pela coleta naquela época, tinha de escolher frutas mais avermelhadas.

“Então, a preferência pelo vermelho em vez do verde pode te beneficiado a coleta de alimentos e assim dado a elas uma vantagem evolucionária”, afirma a pesquisadora.

Hurlbert e Ling ainda planejam repetir o experimento com grupos de outras faixas de idades e linhagem. Elas também consideram fazer o estudo com bebês, para determinar se a preferência por cores é uma questão natural ou de criação.

elas vestem rosa

Mas, no fim disso tudo, o que temos é que a tendência é que o sexo feminino goste mais de tons avermelhados e é aí que entra o rosa.

Seja por conta da evolução ou da cultura imposta a nós desde pequenas, isso é fato comprovado e é isso que veremos no “Elas usam Rosa” do TeVejo.

bonito

Ser bonito prejudica?

Pois é, pode parecer até brincadeira que pessoas bonitas podem ter alguns aspectos da vida prejudicados somente por causa da beleza, porém, uma dupla de pesquisadoras afirma que a beleza também tem seu lado negativo.

Psicólogas da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, fizeram alguns estudos com centenas de pessoas na última década para comprovar que a beleza também traz suas maldições.

Lisa Slattery Walker e Tonya Frevert chegaram à conclusão de que, de maneira superficial, a beleza está ligada a uma espécie de aura, visto que no subconsciente humano, um atributo positivo (como a beleza), está diretamente ligado a outras qualidades.

Justamente por essa associação intuitiva, criou-se um fenômeno coletivo de que tudo que é bom é bonito.

Na grande quantidade de estudos realizados pelas psicólogas, ficou claro que os alunos mais bonitos tendiam a ser mais julgados pelos professores como os mais competentes e inteligentes.

Essa premissa acaba fazendo com que os mais bonitos, por assim dizer, tenham uma cobrança maior em todas suas atividades, sendo sempre empurrados a estarem impecáveis, com as melhores notas e bom humor.

Porém, essa cobrança pode ser prejudicial quando a pessoa só aparenta ser bonita, mas não traz outras qualidades inclusas em sua personalidade.

E isso, leitores, pode ser mortal para algumas pessoas, afinal, o fato de não se encaixar em todo o padrão que foi estipulado para si somente por conta da sua beleza pode fazer qualquer um pirar.

Uma vez que todos no mundo buscam aceitação por parte da sociedade, apesar de estarem no padrão de beleza aceito, outros padrões de personalidade serão muito mais exigidos e, quando isso não ocorre, a pessoa torna-se somente bonita e nada mais.

E, convenhamos, ninguém quer ser “somente um rostinho bonito” no mundo.

Outro fator explicitado pela pesquisa é o preconceito de gênero que a beleza pode criar, afinal, homens bonitos podem ser considerados bons líderes, intimidadores.

Já a mulheres atraentes muitas vezes têm suas chances de serem contratadas para cargos elevados diminuídas, visto que “não conseguirão” assumir cargos de autoridade pela falta de crédito que seus próprios funcionários demonstrariam.

É um lado negativo da beleza, certo, mas infelizmente por conta do preconceito que ainda existe, ainda mais quando se trata de gênero.

Slattery e Frevert também falaram no estudo sobre a inveja que a beleza pode causa, por exemplo, no estudo foi revelado que se você for entrevistado por alguém do mesmo sexo, há o risco de não ser contratado para a vaga se o recrutador o achar mais bonito do que ele.

Pois é, além do preconceito, a inveja também pode atrapalhar muito os mais bonitos.

O último fator apontado é o fato da beleza ser intimidante, fazendo com que por mais que a pessoa se sinta atraída pela outra, pode se subjulgar não tão belo e nem mesmo tentar conquistar a pessoa.

Isso foi comprovado com a divulgação do site britânico de encontros OkCupik. Foi relatado que as pessoas que aparecem lindas em seus perfis conseguem menos pretendentes do que aquelas cujas fotos apresentam algumas imperfeições e, portanto, são menos intimidadoras.

No fim, é exatamente por isso que muita gente tem vergonha de conhecer pessoas pessoalmente e preferem usar a facilidade que a internet tem trazido para futuros encontros.

Sites como o chat do TeVejo, por exemplo, é uma ótima pedida para conhecer pessoas dos mais diferentes lugares do Brasil. Ali, a interação é com pessoas de todos os tipos, as bonitas e as nem tanto, resumindo, tem para todos os gostos.

Já conhece o TeVejo? Por que não dá uma conferida e vê com seus próprios olhos!

coisas que irritam no relacionamento

Coisas que irritam em um relacionamento

Com a facilidade e rapidez com que se dá entrada em um pedido de divórcio ou separação nos dias atuais, manter um relacionamento sério e duradouro tornou-se uma das coisas mais impossíveis.

Antes, éramos acostumados a aprender a lidar com a pessoa que escolhemos para passar o resto da vida, cedendo em muitas vezes e impondo gostos e costumes a ponto de ambos se acostumarem e se sentirem confortável com a situação.

Porém, hoje em dia, isso já é mito. A sociedade está muito mais individualista e, quando se trata de relacionamento, muito mais apta a simplesmente desistir de tudo invés de lutar.

Manias do parceiro que antes era coisa para se conversar e chegar a um denominador comum bom a ambos já não existe mais. A rotação de parceiros é muito maior, então, ninguém mais tem medo de ficar sozinho.

Além do que, algumas pessoas hoje já até assumem o fato de não quererem estar comprometidas em um relacionamento sério. Essas buscam muito mais fazer por si mesma do que pelos outros, daí que mostra o quão solitários temos vivido a vida.

Mas, ainda há os que sonham com um bom casamento e com o fato de acordar ao lado da mesma pessoa pelo resto da vida. Os que tentam e não conseguem e os que ficam tentando o tempo todo.

Então, pensando nisso, reunimos aqui algumas coisas que obviamente irritam em um casamento e faz muitos desistirem no meio do caminho.

Talvez, sabendo disso tudo, vocês possam repensar como estão vivendo suas vidas de casados e descobrir uma maneira de resolver isso sem que se necessite tomar a decisão de um divórcio.

Afinal, toda a questão em jogo aqui nos relacionamentos é o fato dos parceiros não perceberem o que fazem para incomodar o outro e, pior que isso tudo, não sabem como e o quanto devem ceder nesses casos. 

Vamos lá!

1) tarefas domésticas:

Esse é um assunto que incomoda tanto a homens quanto a mulheres, afinal, de uma forma ou de outra, acaba sobrecarregando ambos.

A discussão sempre começa com um “não custa você me ajudar” vindo da mulher, visto que na maioria das vezes, está imposto dentro de casa que as obrigações domésticas sejam delas.

Porém, não é assim que funciona. Hoje as mulheres também trabalham o dia todo e também chegam cansadas do trabalho e, o fato de ainda terem que cuidar de toda a casa, as desgasta.

Para dar certo, é necessário que haja uma ajuda mútua.

Ambos dividirem as tarefas de casa e juntos deixarem as coisas ajeitadas, afinal, já não vivemos em uma sociedade tão machista (apesar de ainda o ser um pouco), na qual os homens trabalham e as mulheres limpam a casa.

relacionamento homem e mulher

2) filhos:

A criação e responsabilidade pelos filhos tiram do sério demais ambas as pessoas, afinal, reduzem o tempo do casal a sós e a intimidade do início do relacionamento.

Com isso, entra também o fato de um dar uma ordem e o outro desmoralizar ela, brigar e o outro passar a mão na cabeça. Isso acaba levando a brigas sem fim entre o casal.

Nessas horas, é necessário que ambos conversem sobre a melhor educação e forma de criar o filho para que não haja esse tipo de comportamento que, inclusive, irá prejudicar até mesmo a formação da criança ao não perceber uma unidade em casa.

3) aparência:

Quando o casal está em processo de conquista, ambos se arrumam e se perfumam mais, estão sempre encantadores e charmosos, porém, com a pressa e rotina do dia a dia, muitas vezes esse cuidado acaba ficando de lado.

Para que isso não acabe com o relacionamento de vocês, se cuidar e ajudar o parceiro a se cuidar é sempre necessário.

4) intimidade:

Pois é, talvez o tópico que mais faça ter vontade de estar com outra pessoa para o resto da vida, a intimidade, também pode ser o que mais atrapalha no relacionamento.

Com a intimidade, muitas pessoas acabam confundindo o que é educado ou não fazer, e isso pode levar ao fim do relacionamento.

Afinal de contas, usar o banheiro com a porta aberta, arrotar ou peidar na cara do parceiro não são as atitudes mais bacanas.

É necessário em primeiro lugar ter respeito e educação, para daí criar-se intimidade.

relacionamento com brigas

Bônus Top 5

Coisas que mais irritam elas

1 – Pelos na pia

2 – Unhas espalhadas em todo lugar

3 – Tampa do vaso sanitário levantada

4 – Ficar trocando de canal

5 – Não trocar o rolo de papel higiênico quando acaba

Coisas que mais irritam eles

1 – Demora para se arrumar

2 – Reclamação o tempo todo

3 – Deixar luzes acesas

4 – Ralo do chuveiro com cabelos

5 – Deixar pertencer por toda a casa

O que elas curtem na cama

O que elas curtem na cama

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o TeVejo fala sobre o que elas mais curtem na cama

Nesse domingo, dia 08, celebramos em todo o globo terrestre o Dia Internacional da Mulher, porém, o que muitos não sabem é o motivo que levou esse dia específico ser marcado como um dia de luta e força feminina.

data, mais que uma homenagem à luta feminina, serve como uma amarga lembrança de um dos piores incidentes da história feminina, onde operárias de uma fábrica de tecidos, situada em Nova Iorque, fizeram uma greve e foram mortalmente caladas apenas por reivindicar melhores condições de trabalho, exatamente no dia 08 de março de 1857.

As exigências eram, nada mais, nada menos que, equiparação salarial com os homens, visto que elas chegavam a receber até um terço do salário deles, redução na carga diária de trabalho para dez horas, onde anteriormente era de 16 horas e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

Mas os patrões, presentes em uma sociedade até então muito machista, reprimiram a manifestação com total violência. Aproximadamente 130 tecelãs foram trancadas dentro da fábrica que em seguida foi incendiada, matando-as carbonizadas em um ato completamente desumano.

Apesar disso tudo, somente no ano de 1975 foi decretado pela ONU (Organizações das Nações Unidas) que a data fosse transformada em uma homenagem às mulheres queimadas dentro da fábrica, tornando-se o Dia Internacional da Mulher uma data específica cerca de 120 anos depois do “incidente.”

Mas, hoje em dia, o que mais vemos é a luta feminina perder espaço quando se trata do dia 08 de março, sendo substituída por motivos capitalistas de compra e venda, sem que nenhuma referência ao acontecimento na fábrica esteja presente.

Hoje, o Dia Internacional da Mulher serve para que os maridos deem flores uma vez ao ano às esposas, que os filhos comprem milhares de reais em perfumes e chocolates, ou seja, tornou-se mais uma data sugada pelas lojas de presentes que encontram-se no sistema.

Porém, nós do TeVejo, pensamos diferente e é exatamente isso que queremos mostrar hoje aqui, afinal, as mulheres não precisam de mais itens de cozinha e flores, mas sim ter garantido seus direitos e, é claro, sexo daqueles para não haver reclamação.

Então maridos e namorados de plantão, não gastem dinheiro em presentes e coisas que elas não vão usar por muito tempo: invistam em fazer sua mulher descobrir a própria sexualidade e tirar proveito disso, afinal, sexo é muito bom e todo mudo sabe disso.

Pensando nisso, trouxemos aqui algumas dicas do que elas curtem na cama para você arrasar quando o assunto é sexo.

Aproveitem o Dia Internacional da Mulher para surpreendê-las e deixa-las sem fôlego, porém, não esqueçam, elas merecem que todos os dias sejam “o dia delas”.

1 – brinquedos eróticos

Pois é, rapaziada, a maioria das mulheres gostam bastante de uma novidade durante o sexo e, por que não investir em brinquedinhos para agradá-las?

Em qualquer sex shops são vendidos cápsulas vibratórias, géis que esquentam e esfriam, além dos tão conhecidos consolos.

Então invista nisso, leve sua garota ao sex shop e se divirta escolhendo diversos brinquedinhos que vão levar o sexo de vocês às alturas.

2 – sexo oral

Essa talvez seja a dica mais batida de todos, porém, a que muitos homens ainda tem dificuldade em fazer ou entender a necessidade de um bom sexo oral.

O clitóris é uma das zonas erógenas mais importantes do corpo de uma mulher, assim como os pequenos lábios e a virilha, então, o importante é não esquecer dessas áreas e estimulá-las sem muita pressão.

A maior dica é fazer tudo com suavidade, porém, com movimento e ritmo. Garantimos, sua mulher ficará louca com isso!

3 – pegada

Agarrar com força e jeitinho uma mulher, beijando-a nos lábios e fazendo-a sentir-se segura em seus braços é a grande porta para um ótimo sexo.

Ter uma boa pegada não significa somente um sexo selvagem e acabou. Geralmente, os caras que mais surpreendem as mulheres não são os fortes ou grandes, são os que sabem como envolve-las entre os braços.

4 – carinho

Sim, essa dica é fundamental, afinal, carinho nunca é demais para mulher nenhuma.

Todas elas adoram ser tocadas, acariciadas, lambidas, mordidas e beijadas. Somente esses momentos de carícias fazem com que crie-se um clima muito mais propicio para o sexo, no qual ela irá se soltar muito melhor.

5 – luzes

O maior mito dito talvez seja o de que as mulheres só gostam de fazer sexo no escurinho.

Pois é, elas gostam de luzes, de ver seus parceiros e, o melhor, gostam de se sentir observada com olhos de desejo e amor de seus maridos e/ou namorados.

Então, deixe a luz acesa ou invista em velas, olhe sempre seus olhos, seus lábios, seu corpo e mostre como a deseja!

Pois é, essas são poucas dicas para você aproveitar para fazer o que elas mais curtem na cama, então, não percam tempo, afinal, o que uma mulher precisa não é de flores que vão morrer em poucos dias, elas precisam mesmo de um bom sexo que as faça levitar.

lesbicas

Conto erótico: A amiga do meu marido

        Lembro até hoje o dia que Matheus chegou em casa do trabalho, a face meio cansada, porém, nos olhos um brilho com segundas intenções que não pude desvendar o significado logo de cara.

         Pediu-me que sentasse no sofá enquanto andava de um lado a outra, como se confuso, pensativo, esperando o momento e palavras certas para conversar comigo sobre algo que o afligia.

         Fazia tempo que não o via tão preocupado em me falar algo, estava até estranhando, até ele desistir de ficar em pé rodando de um lado a outro como uma barata morta e se sentasse ao meu lado.

         Segurando minha mãos, olhou-me nos olhos e perguntou baixinho se eu me lembrava do dia que havíamos feito um ménage com Carla, minha amiga.

         Respondi que sim naturalmente. Havíamos conversado dias antes sobre a hipótese e dias depois sobre a experiência, chegando a conclusão que foi um sexo maravilhoso e que realmente éramos um casal liberal no que diz respeito a sexualidade.

         Por isso fui pega de surpresa pelo fato de Matheus se parecer tão nervoso por falar disso, mas, esperei que respirasse fundo e continuasse.

         Ainda com medo, me contou que conheceu uma menina pela internet. Parece que foi em um bate-papo, aqueles chats com webcam, sabe, e que ela era muito interessante e também morava em nosso bairro.

         Disse-me que mostrou a ela fotos nossas e que, num primeiro instante, Mônica, sua nova amiga, havia demonstrado grande interesse por mim.

         Vocês sabem como homens ficam só em imaginar duas mulheres juntas, certo? Imagine agora duas mulheres atraentes e que tendem a ter interesses por outras mulheres (pois é, minha bissexualidade não passou com a fase adulta, como previra minha mãe).

         Por fim, dei risada de todo o medo que ele explicitava ao me contar isso e perguntei porque ainda não havia marcado um jantar para que pudesse conhecer essa sua nova amiga.

         Meio pasmo, meio aliviado, ele falou que já havia a convidado e que em duas horas, Mônica estaria batendo em nossa porta.

         Corri para o banheiro, afinal, precisava de uma ducha para estar apresentável e cheirosinha para nossa convidada. Enquanto isso, Matheus foi ao mercado e comprou algumas garrafas de vinhos e petiscos.

         Duas horas mais tarde, Mônica tocava a campainha. Fui atende-la e vi a minha frente uma bela morena, alta, cabelos longos, parada à porta.

Alynne é uma das morenas gostosas lá do CameraHot, conhece??

Alynne é uma das morenas gostosas lá do CameraHot, conhece??

         Cumprimentou-me como se já me conhecesse à tempo, aparentemente, Matheus realmente falava bastante de mim mesmo.

         Meu marido serviu-nos vinho e deixou que conversássemos enquanto fumava um charuto. Pude ver seus olhos de tigre observando as curvas de Mônica, a cintura, os belos e fartos seios, as pernas torneadas sob um salto alto.

         Ele a desejava e, aparentemente, eu também. Reparava no encontro dos seios de Mônica pelo decote, no suave arfar de seu peito subindo e descendo, na curva de seu pescoço e lábios (e que lábios era aqueles).

         Duas garrafas de vinho depois, Mônica e eu não parávamos mais de conversar, como se nos conhecêssemos há séculos. E, no meio das risadas, senti sua mão recair sobre minha coxa e deslizar por toda sua extremidade.

         O toque dela fez-me arrepiar toda, fazia tempo que não tinha nenhuma intimidade com uma mulher, ainda mais com um mulherão daqueles.

         Matheus sorria sozinho no outro sofá, apenas observando Mônica chegar mais junto de mim, sentando-se em meu colo e, em menos de um minuto, beijava-me os lábios.

         Doce. Doce e tesão senti naquela hora, não nessa ordem, mas com tamanha intensidade que quando vi, erguia a blusa da morena, deixando-a com o sutiã vermelho a mostra e os seios encostando aos meus.

         Começamos com um amasso tenso. Ela rebolava sobre minhas pernas, empurrando seu corpo contra o meu, tirando-me a blusa e logo em seguida meu sutiã e o seu.

         Ajoelhou-se a minha frente e passou a beijar meu pescoço, descendo os lábios para meus seios, meus mamilos duros de tesão. Beijou, mordeu, lambeu minha barriga e, quando vi, já estava tirando minha calça e calcinha.

         Enquanto Mônica beijava minha virilha, pouco antes de fazer-me o melhor oral que já havia recebido até hoje, vi Matheus do outro lado, as mãos dentro da calça, o falo já duro e aquilo me excitou muito mais.

         A amiga de meu marido então deslizou a língua por toda minha boceta, lambendo-me o clitóris, beijando-me os grandes lábios e fazendo-me gemer alto.

         Rebolava enquanto Mônica estava entre minha pernas e, quanto mais gemia e suspirava, mais a morena se esforçava em me chupar todinha, em fazer-me gozar em sua boca.

         Matheus não se continha mais de tesão, tirando o pênis para fora da calça e masturbando-se. Sobe, desce, sobe, desce. Enquanto isso, eu tinha uma gostosa entre as pernas me chupando e estava prestes a gozar.

         Segurava os cabelos de Mônica, empurrando mais para dentro de mim sua língua e, em poucos instantes, pude sentir meu corpo todo se arrepiar, minhas pernas tremerem e um último grito saiu de meus lábios.

         Realmente fora o melhor oral que já havia recebido, ela sabia o que fazia.

         Antes que eu pudesse me recompor, Mônica disse que precisava ir embora, no dia seguinte levantava cedo para trabalhar. Suspirei meio tristemente, queria leva-la para a cama, transar com ela e meu marido.

         Percebendo minha cara, a morena sugeriu voltar na noite anterior. Despediu-se de mim com um beijo nos lábios de tirar o fôlego, deu um abraço em Matheus e foi embora.

         Quando fechamos a porta, percebi que meu marido ainda estava duro, ainda com muito tesão, então, levei-o ao quarto pela mãos, subi sobre seu pênis e, rebolando, transei a noite toda com ele.

Ps.: também foi o melhor sexo de minha vida.

dormindo

Sonhos eróticos

Qual a relação entre o que se sonha e os desejos sexuais reprimidos?

         Frequentemente somos acordados de sonhos que gostaríamos de não termos acordado. Nessas horas, a excitação é tremenda e o desapontamento também, afinal, era só um sonho.

         Estar na cama fazendo o melhor sexo de sua vida com aquela atriz famosa ou um sexo casual e selvagem com um desconhecido talvez sejam os dois sonhos mais comuns entre homens e mulheres.

         Entretanto, no que diz respeito a sonhos eróticos, qualquer gatilho pode ser motivo para se sonhar e as maiores aventuras e loucuras que podem estar presentes nessa fantasia não significam, necessariamente, um desejo sexual subconsciente.

         Mas, se não significa o desejo em si, o que sonhar com sexo pode representar? Será que isso está diretamente ligado a uma necessidade sexual ou diz mais respeito a outras áreas da vida que podem estar correlatadas?

sonhos-eroticos

         Esse é o tema de nosso artigo de hoje.

         Trazer informações sobre de que forma o sonho erótico que você tem (ou teve) pode explicar coisas de sua vida que você nem mesmo sonharia (com o perdão do trocadilho).

         Para os estudiosos dos sonhos, o conteúdo imaginado durante o sono simboliza outras áreas da vida, revelando inquietações e possíveis revelações de como lidar com um problema específico que se está tendo.

         Para se ter uma melhor interpretação desses sonhos, é necessário conhecer o momento que a pessoa vive e o motivo por trás dos personagens que participaram do sonho e do ato em si. Com essa análise, pode-se saber o conteúdo subjetivo que o sonho quis representar, manifestando tanto um desejo quanto um temor.

         Apesar de cada indivíduo ser um só e estar em constante mudança, decorrente de seu dia a dia e costumes, trouxemos aqui alguns padrões de sonhos eróticos e quais podem ser as interpretações para eles.

         Se você já teve ou tem algum desses sonhos, vale a pena conferir e tentar entender qual o motivo que está por trás desse sonho erótico.

sonhoerotico

Sonhar com ex

         A primeira coisa que vem a cabeça ao sonhar que está fazendo sexo com o ex ou a ex, é que está com saudade ou que ainda se mantém muito desejo pela pessoa.

         Porém, esse sonho pode revelar muito mais que isso: sonhar com o ex pode ser uma dica de que você sente falta de alguma característica específica dele, não necessariamente que ainda o deseja.

         Está mais diretamente ligado ao sentimento provocado por ele do que a um desejo de volta ou de reatar o namoro.

Sonhar com o chefe

         Esse tipo de sonho pode representar como você lida com a autoridade ou talvez revelar seu desejo pelo cargo que ele ocupa.

         Outra razão para os sonhos eróticos com pessoas que ocupem o cargo de chefia pode ser a demonstração de carência, projetada diretamente em alguém que você admira e tem contato diário.

Sonhar com alguém do mesmo sexo

         Esse sonho não diz, necessariamente, que a pessoa seja homossexual ou tenha desejos por uma pessoa do mesmo sexo.

         Para os especialistas, sonhar que está fazendo sexo com pessoas do mesmo sexo pode ser um sinal de que se está vivendo um conflito profundo, seja em qualquer estância da vida, representado nos sonhos pela sexualidade.

         As pessoas que tendem a ter esse tipo de sonho, geralmente encontram algo no cotidiano, seja no trabalho ou no amor, que os deixam aflitos e duvidosos.

Sonhar com um desconhecido

         O sonho erótico com um mero desconhecido pode representar a vontade da pessoa em buscar algo novo, uma forma de questionar seu potencial de viver coisas novas e correr riscos, até mesmo profissionais.

O melhor da internet relacionado a sexo, comportamento e relacionamento.